Sem título – 117

Um certo dia você se dá conta que vive de mãos dadas com a dona morte. Uma companhia calma, sempre presente. De tão calada se torna insignificante, a ponto de nem se dar conta da sua presença. Você percebe sua presença quando um amigo deixa de existir. Ou quando uma pessoa que você nunca viu…
Continue lendo »

Sem título – 116

O homem é dominante em relação a mulher certo? Errado, redonda e trapezoidalmente errado. A mulher é a responsável por toda a evolução humana. Somo animais por essência, nosso instinto é a sobrevivência. Todas as características dos homens, gênero, é definido pelo sexo feminino. Por que? Diferente da mulher, o investimento biológico do homem é…
Continue lendo »

Sem título – 115

Não sou de postar pensamentos diretamente em redes sociais, mas reproduzo aqui o que postei faz pouco na rede Facebook [o novo orkut, que será velho quando em 2020 voltar e ler isso]: Todos os poucos que realmente me conhecem sabem que n sou de ficar postando lamúrias, xingamentos, e mto, mas mmmmto raramente uma…
Continue lendo »

Sem título – 113

Quarenta anos

Um pouco mais…
na verdade quase 41, pouco importa.

Conheci governo de Figueiredo, vi notas de cruzado novo.
Acreditei no plano Real.
Vi a esquerda chegar ao poder.

Hoje, em 2014 os carros ainda não voam, nem as pessoas tem robôs para trabalhar em casa. O futuro que esperávamos em 1983 é muito mais perverso.

Temos uma quadrilha, talvez a maior quadrilha de todo o crime organizado, que tomou o poder.

Os poucos que visitam esta página sabem que não gosto de ficar colocando fotos ou vídeos que não sejam meus, mas é preciso. Pois estamos á beira de um futuro obscuro. Nos vídeos abaixo seguem palavras do, então, presidente Lula.

“.. e eu era fruto da teologia da libertação, dos sindicalistas” [1:47mins]

sem titulo – 010

Uma breve postagem sobre a convivência.“…natural, como a própria vida.União de alegria,complementocontemplamentode um semblante terno,quem sabe eterno.Dentro desta pequena existência.Com todo tempo do mundo,tais emoções que me deixam mudo.Por vezes,várias vezes…encontro seu corpo dentro da noite,num sono profundo.Sua respiração ao meu lado me acalenta.Sua existência me nutre.Me livra destes abutres que insistem em rondar,esperando a…
Continue lendo »